• André Botinha

Vacina contra a Dengue: Você poderá recebê-la ainda este semestre! (esta é a previsão)


Em Belo Horizonte, nos primeiros três meses do ano, já foram notificados 70.818 casos de dengue (entre suspeitos e confirmados). Um número recorde na história.

Na semana passada, falamos um pouco sobre como se proteger do mosquito Aedes aegypti, agente transmissor também da Chikungunya e Zika.

Já havíamos conversado um pouco também sobre o vírus Zika.

Em dezembro do ano passado, a Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA) concedeu registro para a vacina Dengvaxia®, que deve estar disponível ainda neste semestre.

Vamos saber um pouco mais sobre essa vacina?!

#1. Quem pode receber a vacina?!

A vacina atenderá ao público entre nove e 45 anos de idade. Os limites de idade foram determinados com base, principalmente, nas informações de segurança da vacina.

A vacina é contraindicada a gestantes, nutrizes (mães que estão amamentando) e imunodeficientes, pois é uma vacina viva atenuada.

#2. Eu já tive dengue! Preciso tomar a vacina?!

A vacina está indicada, sem dúvida!

Existem quatro tipos de vírus da dengue. O fato de já ter tido a doença uma vez não impede que se adoeça novamente devido à circulação dos diferentes tipos do vírus em Belo Horizonte.

Ao contrário, ter sido infectado previamente aumenta a chance de febre hemorrágica do dengue (a forma grave da doença).

A vacina foi aprovada tanto para pessoas que nunca tiveram dengue como para aquelas que já tiveram a doença.

#3. Quantas doses são necessárias para a eficácia da vacina?!​

O esquema de vacinação aprovado consiste de três doses a serem administradas em intervalos de seis meses entre elas.

A vacina começa a oferecer proteção a partir da primeira dose.

No entanto, a eficácia só foi demonstrada após a aplicação das três doses.

#4. E se eu estiver com dengue no momento, a vacina pode me ajudar?!

Não! A vacina previne a doença (principalmente suas formas graves), mas não é capaz de tratá-la!

#5. Já iniciei o esquema das vacinas! Ainda preciso tomar as precauções para combater o mosquito?

Sim!! A eficácia da vacina contra a dengue é modesta!

Sua importância consiste principalmente em prevenir as formas graves da doença.

Além disso, a vacina não previne o adoecimento contra outras doenças transmitidas pelo mosquito.

#6. Terminei o esquema de três doses! Estou livre da dengue?!

Infelizmente, não!

A média de proteção contra qualquer tipo da doença foi de cerca de 65% (varia um pouco em relação a cada sorotipo).

A grande vantagem da vacina é a prevenção das formas graves:

Em relação à hospitalização por dengue a proteção foi de 80% e para a prevenção da forma hemorrágica e grave da doença, foi de 93%.

#7. A vacina protege também contra Chikungunya e Zika?!

Não! A vacina não protege contra os vírus Chikungunya e Zika.

A Dengvaxia® é uma vacina utilizada contra a dengue causada pelos sorotipos 1, 2, 3 e 4 do vírus.

#8. A vacina dá febre?! Quais os efeitos colaterais?!

Os efeitos colaterais da vacina contra a dengue são semelhantes aos de outras vacinas injetáveis.

A ANVISA dividiu-os em dois grupos:

Muito comuns (≥ 10%):

  • Dor de cabeça

  • Dor no corpo

  • Dor no local da injeção

  • Mal-estar

  • Febre

Comuns (≥1% e <10%):

Reações no local da injeção:

  • Vermelhidão

  • Hematoma

  • Inchaço

  • Coceira

A maioria dessas reações foi de grau leve e durou, no máximo, até o 3º dia após a vacinação.

#9. A vacina pode causar dengue hemorrágica?!

Não! A vacina reduziu consideravelmente as formas graves da doença após a vacinação completa (três doses).

#10. Posso tomar outras vacinas junto com a vacina contra a dengue?

Idealmente, a Dengvaxia® não deve ser administrada com nenhuma outra vacina.

Nenhum estudo específico foi realizado sobre a administração concomitante da vacina contra a dengue e de qualquer outra vacina.

Fontes:

1. Portal Brasil - Saiba mais informações sobre a vacina contra a dengue

2. ANVISA - Dengvaxia®: Bases técnicas e científicas da conclusão da análise do registro do medicamento APROVADO


35 visualizações

Telefones de contato:

       Mirim Consultório Pediátrico

(031) 2510-2011

(031) 97111-1767

  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon